Sobre mim

Este é o blog pessoal de Vitor Madeira, cidadão do mundo, portimonense de nascença.

De entre os vários gostos, hobbies, actividades, etc. daria prioridade e destaque para a bateria e percussão, que é a minha grande paixão, contudo, a minha filhota nascida em 2009 e a minha querida esposa são a minha grande razão de existir.

Paralelamente, sou um grande apreciador de boa leitura, e de melhor música, de filmes com argumentos enriquecedores (coisa rara hoje em dia) entre outras actividades…

Desde há alguns anos que gosto de passar de vez em quando pela Wikipedia para criar, traduzir e editar artigos. De todos os projectos que a internet nos tem proposto, julgo que não estarei a exagerar quando afirmo que nenhum outro projecto baseado no HTML tem contribuído tão positivamente para a humanidade, desde que a web existe tal como a conhecemos…

Outros destaques:

Anúncios
18 comentários

18 thoughts on “Sobre mim

  1. Muito obrigado, Vitor, pelo seu pedido de autorização da imagem em causa. A maior parte das pessoas copia sem se preocupar minimamente em sequer informar o autor. A ilustração é da autoria de Natalina Cóias, a minha esposa, mas penso que ela não se importará que a use, desde que mencione o seu nome.

  2. Martina do Nascimento

    Adorei a ideia do dicionário la “língua” algarvia. O meu pai é de Faro e já não é a primeira vez que utiliza termos algarvios. Tenho imensa pena que o livo ainda não esteja à venda. Teria sido uma prenda de Natal original e divertida. Mas logo que esteja disponível serei das primeiras a comprar um. Gostaria de saber se já há alguma data prevista para o lançamento. Será que me podem informar? Desde já desejo o maior sucesso.

  3. Vitor Luis Andrade Cabral Nunes

    Companheiro:Já existe um dicionário do falar algarvio,de Eduardo Brazão Gonçalves,editora Algarve em Foco.Gostei dessa do acordo ortográfico.Omeu nome é Vitor Nunes ando neste mundo e nasci em Portimão.

    • Martina do Nascimento

      Agradeço a informação. Vou ver se tem interesse. No entanto desejo o maior sucesso ao Vitor Madeira para o projecto. Espero que esteja a evoluir a passos largos. Vou continuar atenta.

  4. Maria Pereira

    Sou da serra algarvia, Vivo em Lisboa ha mais de 40 anos e de vez enquando digo palavras muito usadas na minha meninice. Gostava de as ter todas na memoria. Contudo, à medida que me for lembrando hei-de ir dizendo aqui, para enrquecimento do seu dicionario..

  5. Maria Pereira

    Bom dia hoje lembrei-me de uma outra palavra que se dizia na serra algarvia.
    Pleirão, pleirão na cabeça = alto, galo

  6. andar no adril ou no tratuario xxx

    • Zulmira Pestana

      Tratuário também se diz na minha terra natal, Madeira…

  7. Boa tarde!
    Estou a terminar o meu segundo livro.No mesmo existem diálogos com várias personagens que conheço ao logo da viagem que perfaz a sua história.Uma das personagens ( e que eu conheço) tem alguns diálogos curtos +- página e meia ou duas do respetivo romance.A minha intenção é que todos os diálogos sejam escritos no “sotaque” local ou na lingua de origem do meu interlocotor.É o que acontece numa conversa em Castro Marim(Odeleite) com o mestre Teodoro.Ele já se encontra muito velhote e só o revejo uma vez por ano.Andei aqui no seu exemplar Blogue a tentar safar-me mas queria uma coisa mais original, apenas com o sotaque daquela zona.Será que me pode ajudar?
    Atentamente
    José Mário Figueira
    escritasemnome no Facebook ou ´Mário Figueira no Facebook
    obrigado

    • José Mário Figueira

      Já agora; a conversa tem lugar na Foz de Odeleite mas o personagem é de Castro Marim e vive no Monte Francisco

  8. Viva José Mário Figueira!

    Uma vez que sou nativo da zona do Barlanevto Algarvio, não serei propriamente a melhor pessoa para lhe ajudar na sua tarefa, mas creio que lhe poderei indicar uma pessoa… Voltarei ao seu contacto em breve…

    Cumprimentos,

  9. Não encontrei a expressão: Dêxa-me da mão
    Parabéns pelo dicionário!

  10. Francisco do Rosário Guerreiro Couraça Rodrigues

    Óh Vitaro…má atão na sabes o qué “escarado”…? e “xaringado”…? e uma “bechenina”… Móss acaba já mó… (isto são palavras do Sotavento) e uma “bezana”…?

  11. Fernando Fidalgo

    Muito bom Vitor, como não percebo muito desta linguagem acho curioso este teu trabalho, de certeza que vamos aprender das boas

  12. leonarda

    atão,… o sê canito morde?
    trajeme um frangalho pá janta

  13. José J. Silva Costa

    Estive ontem a falar com uma prima de V R. de Stº António e abordámos frases ou termos usados lá para Aljezur. E apareceu uma que ela não conhecia: ” dar de corpo ” ou ” desopilar “. Deve conhecer, mas aí fica. Cumprimentos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: