Demasiado tempo livre a mais

Feliz consumismo e próspera dívida nova

Feliz consumismo e próspera dívida nova

Feliz consumismo e próspera dívida nova

Aos leitores do meu blog, acredito que, à primeira vista, poderia parecer que a mensagem de desejo de boas festas contém algum tipo de erro, mas quero mesmo deixar claro para todos (que são obviamente sempre bem-vindos por aqui) que acredito que a festividade desta época carece um pouco mais de alerta do que aquilo a que estamos habituados.

Sinceramente desejo que o sentimento de união e reencontro para com as pessoas que vos são mais queridas possa ser uma realidade palpável, e que, a corrente desenfreada de consumismo em que (todos) temos deixado cair esta época possa começar a ser quebrada.

Que os sentimentos de fraternidade, amizade, companheirismo, amor, solidariedade, empatia e sobretudo, liberdade, possam ser realidade nas vidas de quem por aqui passa, sem necessidade de uma expressividade material exacerbada e vazia de valores.

Anúncios
Categories: Alma do tempo, Bizarro mas verídico!, Curiosidades, Demasiado tempo livre a mais, Humor, Pensamentos e Filosofias, Vale por mil palavras | Etiquetas: , , , | 2 comentários

Por favor poupem-me à TRETA do “dia das mentiras”!

vitormadeira.com - 2013-04-01 Dia das mentiras - triste dia!

Uma ‘mentira pequena’ é tão mentira como uma ‘mentira grande’.

Se há coisa que me custa, é saber que milhares de seres humanos como eu foram perseguidos, maltratados, humilhados ou até MORTOS por proferirem a VERDADE, logo, se há dia que decido NÃO RECONHECER, será um “dia das mentiras”

Obrigado.

Categories: Alma do tempo, Bizarro mas verídico!, Boas vindas, Coisas Divinas, Demasiado tempo livre a mais, Momento de Basbaque, Pensamento para a semana, Pensamentos e Filosofias, Sociedade e Política | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Bizarro mas verídico: O Pingo Doce do meu…

vitormadeira.com - 2013-03-22 Saco reutilizável no Pingo Doce 01(Esta vai para os fervorosos contestatários do acordo ortográfico de 1992…)

“Sois alma e vida minha
Pingo Doce do Continuar a ler

Categories: Algarve, Alma do tempo, Bizarro mas verídico!, Curiosidades, Demasiado tempo livre a mais, Entre o teclado e a cadeira, Humor, Momento de Basbaque, Portimão, Publicidade traiçoeira, Vale por mil palavras | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , | 6 comentários

Vale por mil palavras – Google Streetview chega a Portimão

vitormadeira.com - 2013-03-07 Google Streetview chega a Portimão
Notícia acabadinha de sair!

Para quem não sabe, o ‘Streetview‘ (que, traduzindo para português significa literalmente “vista de rua”) é uma das funcionalidades dos mapas na internet da Google (Google Maps) e que nos permite visualizar as ruas das cidades como se estivéssemos a conduzir um veículo pelas suas ruas.

Para conseguir este feito, a Google coloca centenas de automóveis (em Portugal, com o apoio da Opel/General Motors) a fotografar cada uma das ruas das nossas cidades, numa tarefa hercúlea, possibilitando-nos, por exemplo, preparar uma viagem a um local distante sem que tenhamos que sair do conforto da nossa secretária, em frente ao computador.

Ora, há cerca de 2 anos que já tínhamos Lisboa, Porto e mais algumas cidades, mas o resto do país, embora já tivesse sido fotografado, estava ainda pendente da resolução do problema da privacidade, uma vez que diversas pessoas apresentaram queixa à Comissão Nacional de Protecção de Dados, mostrando o seu descontentamento perante as suas fotografias que passavam a estar disponíveis de forma pública na internet sem a sua autorização.

Agora, o Streetview chega a quase todo o país (incluindo o nosso Algarve e Portimão em particular) e, para que isto fosse possível, a Google teve que criar uma forma de desfocar todas as faces das pessoas fotografadas (o que, para muitos ainda não é ainda uma garantia de solucionar o problema)  mas aparentemente, terá sido suficiente para a Comissão Nacional de Protecção de Dados autorizar a publicação.

Assim, e por exemplo, para Portimão, temos agora a possibilidade de fazer uma breve viagem no tempo e voltar atrás para verificar como andavam as coisas por cá há cerca de 2 anos atrás (será fácil detectarem a idade das fotos ao passarem, por exemplo, na zona do Centro Comercial Aqua – vejam aqui).

Os mais cuscos, poderão também dedicar-se a procurar cenas insólitas como a que alguém já encontrou no distrito de Viseu, perto de Castro D’Aire, onde… (enfim, deixo para quem for mais curioso a decisão de seguir para aqui)

E vocês, já passaram pelo Google Streetview para tentar encontrar alguma situação mais caricata?

Ou já conseguiram encontrar os vossos amigos ou familiares (ou quem sabe, vós próprios) nas fotografias de rua tiradas pelos carros da Google?)

Categories: Algarve, Boas vindas, Curiosidades, Demasiado tempo livre a mais, Portimão, Tecnologia, Vale por mil palavras, Viagens e Paisagens | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Live to ride, ride to live

Night moto rider (by toooomelo)

Não existe uma tradução literal na língua portuguesa que consiga passar perfeitamente a máxima tornada universal pelos norte-americanos e que designa a paixão que é andar de mota. Contudo, atrevo-me a sugerir um aportuguesado “Vivo para andar de mota, ando de mota para viver” (e sim, convenhamos que não é tão musical como o original…)

A paixão das motas é algo que dificilmente se explica por palavras, mas quem sabe o que é sentir na própria face a força do vento a contrariar a potência dos “cavalos” que movem um motor de quatro tempos de uma qualquer mota digna deste nome, ou a força que os braços necessitam de fazer para tomar o controlo quando a velocidade por vezes, de forma como que involuntária, pede para ultrapassar os limites legais, ou até o jogo de cintura exigível para fazer rotundas ou curvar em piso molhado, ou quem sabe, apenas sentir os diversos aromas campestres no decurso de um ou outro passeio mais ou menos longínquo, sabe do que falo.

Ainda me recordo dos primeiros tempos em que, movido pela paixão adolescente de “andar de mota” e ao mesmo tempo de “tentar impressionar as moças”, resolvi adquirir uma mota para deleite da paixão que corria pelas veias.

E nem foi necessário procurar muito… Se não me falha a memória, estaríamos em 1996 ou 1997, quando uma Yamaha Virago XV 535 vinda de outras “corridas” aparece como que uma perfeita ocasião caída sabe-se lá bem de onde, já com todas as modificações que um motard poderia exigir…

Ele era o escape quase praticamente livre, depósito e laterais pintadas com motivos condizentes com o sentido nómada que norteia o estilo de vida motard (o índio guerreiro, o lobo “solitário” e o casalinho de noivos indios apaixonados a presidir ao enquadramento artístico no topo do depósito de gasolina…) Um guiador com mais de 40 cm de altura, e um aumento generoso no garfo de direcção com apliques adicionais ao farolim, finalizados com um par de pedais para apoio dos pés em viagens mais longas, tal qual uma espécie de “Harley Davidson para pobres”, fizeram os olhos de um jovem algarvio brilhar, tais eram os sonhos com as possíveis “voltinhas” que daí em diante se tornariam uma realidade.

Foi “batizada” de Sasha, e, embora tenha sido um deleite nesses idos tempos de juventude, hoje a idade faz-me olhar de forma mais amadurecida para uma paixão que, embora aliciante, requer as devidas precauções. Creio até mesmo que, em breve, alguém virá a ser um feliz terceiro dono da Sasha, para, algures por este Algarve fora (ou quem sabe, mais além) dar asas à sua paixão de levar com o vento na cara…

Conduzir uma mota, principalmente numa região tão generosa em dias solarengos como é o Algarve,  é sem dúvida alguma um prazer que tive o privilégio de experimentar em primeira mão, e que, daria pano para mangas se mais um ou dois companheiros que apreciem a mesma paixão se juntassem em redor de uma bela bebida geladinha numa qualquer esplanada, quem sabe, à beira da falésia da Praia da Rocha?

Categories: Algarve, Curiosidades, Demasiado tempo livre a mais, Pensamentos e Filosofias, Viagens e Paisagens | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Por favor poupem-me à TRETA do “pai natal”!

 

Poupem-me à TRETA do ''pai natal''!

Poupem-me à TRETA do ”pai natal”!

Uma mentira não pode ser considerada mais ou menos mentira (ou maior ou menor mentira). Ou é uma mentira, ou é uma verdade. Neste aspecto não existem tons cinza entre o preto e o branco… Podem-me dizer que existem mentiras que têm maiores ou menores repercussões, o que até posso aceitar, mas são mentiras e ponto final.

Custa-me observar uma sociedade que se diz “evoluída”, “tolerante”, “moderna”, etc. mas que, quando chega à altura do Natal embarca no engano contra as crianças que são os adultos em potencial, os dirigentes das nações, os cidadãos que virão a ter as respetivas responsabilidades para decidir o seguimento de muitas das nossas vidas no futuro.

Depois, vimos queixar-nos dizendo que os nossos líderes não servem para tomar decisões ‘capazes’… Pudera, desde tenra idade começam logo por ser (literalmente) enganados por aqueles que teoricamente deveriam ser quem mais lhes deveria amar… (os seus pais, certo?)

NENHUM pai deveria sentir prazer ao mentir a um filho!

(e se tu que estás a ler este texto és daqueles que acham que contar a treta da história do ”pai natal” que desce pelas chaminés das casas e deixa presentes na noite de Natal dentro dos sapatinhos das criancinhas que se portaram bem durante o ano, então volta a ler o que escrevi no primeiro parágrafo deste artigo.)

Nestas alturas seria melhor olhar um pouco mais para oriente e tentar procurar um pouco mais do que inegavelmente são as bases da nossa sociedade…

Tenho uma filha com quase três anos, e fiquei muito triste ao saber que o infantário onde ela frequenta iria organizar a “ida à estação de correios local para entregar as cartas com os pedidos de prendas das meninas e dos meninos ao ”pai natal“… E o mais curioso, é que a instituição diz-se de inspiração católica (sendo que pertence à casa da misericórdia local, ainda por cima…)

O que se passa connosco? Porque descemos assim tanto?

Mas existe alguma forma de aceitar o que andamos a fazer com os nossos filhos, que são as pessoas de quem mais gostamos e que, teoricamente, deveriam ser os seres que mais verdade deveriam receber da nossa parte?

Ao falar com a educadora da sala da minha filhota, ainda fiquei mais perplexo, pois vejo que infelizmente, a história do ”pai natal” é transmitida como um dado adquirido de que há um “senhor velhinho muito gordinho que distribui presentes às criancinhas carenciadas” (provavelmente uma adaptação do venerado são Nocolau venerado em tempos idos pelos católicos) – mas parece que alguém se esquece de explicar onde encaixa a treta das renas voadoras…?

E para me tentarem fazer ver que é bom criar ilusões descabidas no imaginário das crianças, fazendo-lhes crer que essas mentiras são verdades, ainda tentam vir com histórias de que alguns dos modernos estudiosos da psicologia defendem este tipo de mentira para criar um imaginário saudável às crianças…. A esses supostos psicólogos, eu gostaria de os mandar ir a um certo sítio…

Então mas eu por acaso iria alguma vez aceitar que a minha filha embarcasse nessa tremenda mentira que é utilizar o edifício e as pessoas da estação de correios local (portanto uma coisa VERDADEIRA) para incutir uma MENTIRA no seu imaginário só porque os educadores da actualidade são incapazes de pensar um pouco pelas suas cabeças e usar a palavra “LENDA” para colocar a história do ”pai natal’ no lugar onde definitivamente deveria estar?

E sabem do mais curioso? Na época do Natal, bem ou mal, celebra-se o nascimento de Cristo (a meu ver, na data e com o propósito errados – mas infelizmente, é o que conseguimos obter desta sociedade) mas se eu tentar chegar perto das pessoas responsáveis nos infantários e lhes pedir para explicarem a história do nascimento de Cristo, ou para que passem um filme alusivo ao tema, então, aí, as conversas começam a ser mais breves, o assunto torna-se mais ‘pesado’, os semblantes fecham-se e a história começa a ser outra…

Pois, a conclusão a que chego é que os adultos que (infelizmente) se vêm obrigados a embarcar nestas tristes histórias, eles próprios são na verdade os que necessitam de um pouco de imaginário nas suas vidas, de forma a tentarem compensar as suas rotinas mais ou menos insatisfatórias…

Combater a verdade com a mentira nunca pode dar bom resultado. Esta pode ser uma batalha mais ou menos solitária, mas para mim, prefiro munir-me da verdade para com os que amo (ou melhor, para TODOS independentemente de gostar ou não deles) do que andar atrás de “filmes”…

.

No dia em que todo o mundo anda às aranhas com outra treta, convencidos de que o calendário que o imperador Júlio César mandou criar em 48 a.C., que foi depois alterado pelo papa Gregório em 1582, poderia prever o fim do mundo, eu digo: Tudo tem um limite e para a mentira o limite tem que ter rédea ainda mais curta!

.

Obrigado.

Categories: Alma do tempo, Bizarro mas verídico!, Boas vindas, Coisas Divinas, Curiosidades, Demasiado tempo livre a mais, História e Acontecimentos, Momento de Basbaque, Pensamento para a semana, Pensamentos e Filosofias, Publicidade traiçoeira, Sociedade e Política | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Hoje FINALMENTE eliminei a minha conta no Hi5

A sério, já não dá para suportar coisas inúteis hoje em dia…

Já não usava a conta há mais de 2 ou 3 anos (sim, é verdade!) mas as mensagens de email que, volta e meia iam chegando a convidar para jogar o jogo X ou o jogo Y já me estavam a dar água pela barba. :/

E vocês? Espero que se sintam motivados a fazer o mesmo ao lerem isto! 😉

Categories: Apreciações, Bizarro mas verídico!, Boas vindas, Demasiado tempo livre a mais, Entre o teclado e a cadeira, Humor, Momento de Basbaque, Sociedade e Política, Tecnologia | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Por favor poupem-me à TRETA do halloween!

Por favor poupem-me à TRETA do halloween!

Obrigado.

Categories: Alma do tempo, Bizarro mas verídico!, Boas vindas, Coisas Divinas, Demasiado tempo livre a mais, Momento de Basbaque, Pensamento para a semana, Pensamentos e Filosofias, Sociedade e Política | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 3 comentários

Futebol do Euro 2012 – Uma mensagem do povo real para a patroa da economia europeia

A propósito do campeonato europeu de futebol 2012 que está a decorrer ‘a meias’ na Polónia e na Ucrânia (um abraço para o Vladimir) gostaria de deixar esta preciosidade popular que os adeptos Irlandeses prepararam para a “nossa patroa” (Angela Merkel – actual ‘chanceler’ alemã):

Adeptos irlandeses enviam mensagem a Angela Merkel.

A princípio, ainda pensei que seria algo digno do Zé Povinho, mas diga-se de passagem que neste aspecto, estamos a seguir muito melhor as recomendações da patroa do que os gregos, por exemplo… (mas é irónico que sejam os irlandeses a fazê-lo, não acham?)

Agora riam dos alentejamos, riam…!

Tradução:
“ANGELA MERKEL PENSA QUE ESTAMOS A TRABALHAR”

Categories: Curiosidades, Demasiado tempo livre a mais, Humor, Sociedade e Política | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Dia Mundial da Criança – Mas que raio se passa aqui…?

Imagem

Já nem me recordo como é que este video me veio “parar às mãos”, mas nos comentários no Youtube apenas são enaltecidas as grandes capacidades destas crianças em executar esta peça musical…

Mas eu coloco esta questão: O que tiveram que sofrer estas crianças nas horas (ou dias OU SEMANAS) em que tiveram que ensaiar para conseguirem chegar a este ponto? Acham mesmo que isto é natural?

Um dia saberemos respeitar as crianças…

Categories: Bizarro mas verídico!, Curiosidades, Demasiado tempo livre a mais, Música, Momento de Basbaque, Sociedade e Política | Etiquetas: , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Bizarro mas verídico… Microsoft paga a coro Gospel para cantar tweets (sim, vindos do tweeter!)

Se escrevesse este título só com essa imagem acima, certamente não iriam acreditar… Por isso, felizmente (ou infelizmente diria eu!) alguém lá gravou em vídeo e resolveu partilhar a última estravagância da Microsoft…

É que é dificil explicar… Ok, comecemos… A grande feira de electrónica de consumo dos Estados Unidos (CES) está a decorrer, e a Microsoft, provavelmente com bastante inveja das honras de impressa que a  Samsung recebeu no ano passado (onde incluiu dançarinas na sua apresentação principal) resolveu este ano virar tudo de cabeça para baixo…!

(Ou então, há mesmo alguém na Microsoft que tem umas ideias muito estranhas de ‘diversão’…)

Fosse qual fosse a razão, ontem (segunda-feira), a meio da apresentação onde estava presente o grande-chefe Steve Ballmer simplesmente pararam tudo para deixar entrar o coro dos ‘tweets’!

Sim, o coro tos ‘tweets’! que cantava os tweets sobre a apresentação (publicado pelos fãs durante a mesma) à medida que iam aparecendo… Sinceramente, nada mesmo contra os cantores (esses foram excelentes!) mas as letras das ‘canções’ deixaram mesmo muito a desejar…!

Enfim, onde há muito dinheiro, pode haver muita bizarrice!

.

É mesmo caso para dizer: BIZARRO MAS VERÍDICO!

Categories: Bizarro mas verídico!, Curiosidades, Demasiado tempo livre a mais, Humor, Música, Tecnologia | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Bizarro mas verídico: 1 milhão de Euros que certamente não faria nenhum algarvio feliz…

Agora que temos a nossa Via do Infante com portagens, certamente que não será de todo inteligente gastar um milhão de euros num Bugatti Veyron… É que depois, ao nos recordarmos das portagens da Via do Infante, teriamos que pensar duas ou três vezes antes de levarmos o nosso investimento para a estrada nacional 125, ou para  a 124, ou para todas as outras “alternativas” que temos ao nosso dispor (ainda) sem portagem…

Enfim, aí, tornar-se-ia quase impossível fazer contestação às portagens! Seria même caso para dizer: Má que jê, mon…?

Vejam o vídeo e confiram os dados técnicos da bomba mais abaixo, para que consigam abster-se de semelhante investimento num ano de crise como este:

.

Bugatti EB 16-4 Veyron
Construtor Bugatti e Volkswagen Group
Produção 2005 – presente
Classe Super desportivo
Tipo de Carroçaria estrutura tubular, Fibra de carbono
Informações técnicas
Motor central, W16, 64 válvulas, tetraturbo
Caixa de velocidades 7 velocidades (DSG)
Distância entre os eixos 2,65 m
Comprimento (mm) 4,38 m
Largura (mm) 1,99 m
Altura (mm) 1,21 m
Peso bruto (kg) 1950kg
Consumo 2 km/l
Velocidade máxima 432 limitada a 410 km/h (por questões de segurança)
Depósito (l) 115
Outros dados
Preço: 1 milhão de Euros (mais coisa, menos coisa…)
Modelos similares CCX, Ultimate, Lamborghini Reventon
Categories: Algarve, Bizarro mas verídico!, Curiosidades, Demasiado tempo livre a mais, Humor, Momento de Basbaque, Tecnologia | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 2 comentários

Portugal na falência: Dois suspeitos de assalto, falsificação e tortura… Apanhados, mas logo libertados (!) – em Albufeira

Uma perseguição da GNR a uma viatura suspeita, em Albufeira, só terminou depois de um choque frontal com um camião.

Os dois ocupantes foram detidos. Tinham uma arma de choques eléctricos, parte de uma farda da GNR, ouro e vários objectos que indiciam a prática de assaltos. Mesmo assim, o tribunal decidiu libertá-los.

A viatura foi levada para o destacamento de trânsito, em Albufeira, para ser alvo de peritagens. Não está em nome dos detidos, mas não consta como tendo sido furtada.

Os homens não tinha documentos pessoais, mas com a ajuda do SEF, a GNR conseguiu identificá-los. São dois ucranianos de 34 anos. Sobre um deles, recai um mandado de detenção, sobre outro, um processo de expulsão do país.

fonte: Tvi24

 

Nota: Vale a pena comentar…?

Categories: Algarve, Alma do tempo, Banda desenhada, Bizarro mas verídico!, Demasiado tempo livre a mais, Sociedade e Política | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

O casamento do casal perfeito…

Era uma vez um homem perfeito que conheceu uma mulher perfeita.

Namoraram e um dia casaram-se. Formavam um casal perfeito.

Numa noite de Natal, seguia o casal perfeito por uma estrada deserta, quando viram alguém na berma a pedir ajuda.

Como eram pessoas perfeitas, pararam para ajudar.

Quem pedia ajuda era nada mais nada menos do que o Pai Natal, cujo trenó se tinha avariado.

Não querendo deixar milhões de crianças decepcionadas, o casal perfeito ofereceu-se para o ajudar a distribuir os presentes.

Então, o bom velhinho aceitou a boleia entrando no carro e assim foram os três.

Drasticamente, o carro teve um acidente alguns quilómetros a seguir e somente um dos três ocupantes sobreviveu.

.

.

.

Pergunta:

– Quem foi o sobrevivente do trágico acidente?

 A mulher perfeita, o homem perfeito ou o Pai Natal?

 (lê mais abaixo)

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Resposta:

A mulher perfeita sobreviveu. Na verdade, só ela poderia ser a única personagem real desta história. Todos sabemos que o Pai Natal e o homem perfeito não existem.

.

.

.

.

.

.

.

.

Agora:

Se és mulher, podes fechar esta janela, a piada acaba aqui.

.

(os homens podem continuar a ler mais abaixo…)

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Pois bem, se Pai Natal não existe nem tampouco o homem perfeito, fica claro que quem conduzia o carro antes da fatalidade era a mulher – o que explica evidentemente o acidente.

.

.

E se és mulher e leste até aqui, fica provada mais uma teoria:

As Mulheres são curiosas, metem o bedelho onde não são chamadas e são incapazes de seguir instruções.

.

Categories: Demasiado tempo livre a mais, Humor | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Olha com atenção: Onde está o urso?

Não haja dúvida que o chocolate é das melhores coisas da vida, mas e que tal esta surpresa?

Categories: Curiosidades, Demasiado tempo livre a mais, Humor, Ilusão de óptica, Momento de Basbaque, Publicidade traiçoeira | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: