Boas vindas

O drone voa em Portimão – Centro comercial Aqua

1990s - Portimão Boavista atual local Centro Comercial Aqua ainda sem construções

Tenho a certeza que os leitores deste blogue irão perdoar o título desta publicação, e aceitarei que me digam que “é para inglês ver” (vulgo “clickbait“, como dizem os entendidos das tecnologias e das especulações sociais…)

Na verdade, na época em que esta foto foi captada, presumo que nem sequer existiriam ainda essas fantásticas máquinas voadoras, ou se existiam nada se pareceriam com o que hoje conhecemos como drones.

No centro da fotografia é possível verificar todo o espaço que o atual centro comercial Aqua ocupa, bem como as ruínas da antiga fábrica de conservas no extremo poente do terreno, da qual, apenas resiste a típica chaminé.

No canto inferior direito, é possível identificar parte do local onde mais tarde surgiu o “Retail Renter”, local onde atualmente se situa a grande loja de eletrodomésticos Worten, a loja de roupa C&A, o supermercado Iceland / Overseas, ou o restaurante Burger King.

Com especial destaque, no canto inferior esquerdo, o edifício da CRACEP, essa instituição portimonense que muito tem feito por tantos cidadãos locais (e não só) com necessidades especiais.

Fica a memória de outros tempos…

Anúncios
Categories: Boas vindas, Curiosidades, História e Acontecimentos, Portimão | Etiquetas: , , , , , , , , | Deixe um comentário

Mário Miranda e a arte do Cartoon

Mário João Carlos do Rosário de Brito Miranda

vitormadeira.com - 20160502  Mario Miranda cartoon pintar

Mário Miranda a pintar com tinta da china.

Hoje a Google celebra a data de aniversário de um dos maiores cartoonistas indianos de ascendência portuguesa. Nesta rara entrevista disponível na internet, a primeira pergunta que o entrevistador coloca é precisamente: Porquê um nome tão comprido?

Sei bem o que é, desde tenra idade, desde logo em criança, ter que decorar e conseguir escrever um nome a que alguém decidiu ser o meu, e aprender a escrever aquelas ‘malfadadas’ seis palavras que passaram a acompanhar-me para sempre, todas as vezes que me era pedido o “nome completo”.

Quantas vezes me vejo (ainda hoje) obrigado a abreviar palavras, ou simplesmente a escrever nas margens dos formulários onde o nome, impreterivelmente, tem que ser escrito na tua totalidade? É uma maldade…

vitormadeira.com - 20160502 Mario Miranda cartoon Portugal

Na sua passagem por Portugal Mário Miranda, inspirou-se na guitarra portuguesa.

 

Em jeito de graçola, permitam-me especular que, se um nome comprido fosse suficiente para se conseguir ser um grande artista, eu seria um grande artista! Mas felizmente assim não é, porque se as coisas funcionassem dessa forma, suspeito que a maior parte de muitos dos descendentes das famílias reais, seriam artistas de topo mesmo antes de saírem das barrigas das suas mães. Algumas coisas ainda têm que ser conquistadas através do esforço, da dedicação, do mérito e da perseverança.

Mário Miranda, foi um dos artistas contemporâneos mais amados não só na Índia, bem como em muitos outros países, tendo sido agraciado, entre tantos outros prémios e condecorações, em 2009, cá em Portugal, com o título de Comandante da Ordem do Infante D. Henrique, e a título póstumo, em 2012, como Padma Vibhushan, considerada a segunda maior condecoração para civis na Índia.

Vinte e três minutos que vale a pena investir:

Categories: Banda desenhada, Boas vindas, Curiosidades | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

RUBY BRIDGES faz HOJE 61 anos. Parabéns, a uma mulher que é exemplo de CORAGEM!

Ruby Bridges com 6 anos a descer a escadaria da escola primária em 14 de novembro de 1960

Ruby Bridges com 6 anos a descer a escadaria da escola primária em 14 de novembro de 1960

Quando tinha 6 anos, Ruby Bridges tornou-se famosa por se ser a primeira criança com pele de cor negra a entrar numa escola primária do Sul dos Estados Unidos onde a segregação da cor da pele levou a que, até aí, apenas crianças com pele de cor branca fossem autorizadas a estudar.

Ao entrar pela primeira vez na Escola Primária Wiliam Frantz de Nova Orleães, no dia 14 de novembro de 1960, a então caloira seguia rodeada por uma equipa de polícias federais U.S. Marshals, enfrentando uma multidão carregada de ódio que gritava e atirava objetos demonstrando o seu repúdio por considerarem que nesta escola as crianças com pele de cor negra não tinham lugar.

Um dos agentes da polícia federal, Charles Burks, que serviu de segurança na equipa que escoltou Ruby, recorda a coragem demonstrada face a semelhante ódio: “Para uma menina de seis anos de idade que entra numa escola estranha com quatro polícias que lhe eram completamente estranhos, em direção a um lugar onde nunca antes tinha estado, ela mostrou muita coragem. Nunca chorou nem choramingou. Parecia um pequeno soldado a marchar. Estávamos todos muito orgulhosos dela.”

No entanto, depois de entrar Ruby descobriu que a escola estava vazia de colegas de turma, uma vez que os pais das crianças com pele de cor branca tinham retirado todas os seus filhos devido à sua presença. A única professora disposta a ter Ruby como estudante foi Barbara Henry, que tinha recentemente mudado de residência, vinda de Boston. Foi a professora da Ruby durante todo o primeiro ano na escola devido à recusa dos pais das crianças com cor de pele branca em ter os seus filhos na mesma sala de aula de criança negra.

Apesar do assédio diário, que exigia que os polícias federais continuassem a acompanhar Ruby durante meses a fio; a par das ameaças contra sua família; a par com a perda de emprego do seu pai, devido ao papel desempenhado pela sua família na integração escolar, Ruby persistiu em frequentar a escola.

No ano seguinte, quando voltou para o segundo ano, desapareceram as manifestações de raiva e mais crianças com cor de pele negra juntaram-se a Ruby na mesma escola. O esforço pioneiro de integração escolar foi um sucesso devido a uma menina de seis anos chamada Ruby Bridges, fonte de inspiração de coragem, perseverança e resiliência.

Com 6 anos apenas, uma pequena criança da idade da minha filhota Rute (que este ano se estreia também na escola primária, embora com problemas consideravelmente menores pela sua frente) ajudou a mudar o mundo, o que, provavelmente devido à ‘redondeza’ dos números coincidentes com o caso da minha filhota, me levam a não deixar de prestar a minha sentida homenagem a esta data. Parabéns Ruby Bridges.

vitormadeira.com - 2015-03-13  Ruby Bridges 21 Set 2010

Ruby Bridges em 2010.

Categories: Alma do tempo, Boas vindas, História e Acontecimentos | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , | 2 comentários

22 de Abril – Hoje é o dia da (verdadeira) Mãe

vitormadeira.com - 2015-04-22 dia Terra mae de todos nos GaiaPor muito que alguém tente inventar mães do céu, da terra, do mar, do ar, do espaço, ou seja lá de onde for, a verdadeira Mãe de todos aqueles que conheço ou alguma vez hei de vir a conhecer, chama-se Terra.

Todas as pessoas que conheço ou alguma vez penso vir a conhecer são feitas da mesma matéria que eu. Todas sem exceção têm a água como constituinte principal nos seus corpos. Todas sem exceção respiram o mesmo tipo de gás, todas necessitam de ir buscar ao mesmo lugar o alimento e sustento, e curiosamente, todas nasceram no mesmo lugar que eu: a Mãe!

Sim, todos acabamos por ser na verdade, irmãos, ou, se preferirem, primos uns dos outros. Não há como fugir. Ninguém caiu aqui vindo do espaço. Ninguém apareceu aqui através do mover de uma “varinha de condão”. Ninguém teve outra origem que não o ‘ventre da nossa Mãe’.

Por vezes faz-me bem colocar as coisas nesta perspetiva. E acredito que para muitos dos que ainda não fazem, seria também bastante terapêutico.

Assim, aqui fica o meu sincero desejo de um feliz dia da Mãe!

(e por favor, tratem-na bem, ela merece.)

vitormadeira.com - 2015-04-22 dia Terra mae de todos nos maos

Categories: Boas vindas, Coisas Divinas, Curiosidades, Momento de Basbaque, Pensamentos e Filosofias, Vale por mil palavras | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Um adeus… e até já…

2015-01-25_Avozinha_Rosa_tender_pao

A partida de um ente querido é e sempre será um dos momentos mais marcantes da vida de qualquer ser humano.

Ontem, de madrugada, partiu uma das minhas mães. Pode parecer pretensioso da minha parte dizer que tinha duas mães, mas muitos sabem bem o quanto a “Ti” Rosa era verdadeiramente a minha segunda mãe. A minha “avozinha”, como me habituei carinhosamente a chamá-la, seguiu para a sua última viagem.

A Senhora que ajudou a fazer deste feliz algarvio ser quem é deixará certamente muitas saudades a tantos outros algarvios quer da sua zona, quer um pouco por todo o Algarve que se habituou a deliciar com as suas famosas tibornas, o seu jeitinho especial de fazer o ponto cruz e a sua infindável paciência para o ensinar às suas alunas mais seniores, ou simplesmente a sua amizade tão querida.

Obviamente que uma parte de mim partiu também ontem com ela, pois uma mãe saberá sempre algo mais sobre nós do que nós próprios alguma vez sonharemos saber. A saudade já é mais do que muita.
Em memória de Rosa da Conceição Furtado
(para muitos “Ti” Rosa, para tantos Rosa “Branca”)
1929 – 2015

Categories: Alma do tempo, Boas vindas, História e Acontecimentos | Etiquetas: , , , , , , , | 2 comentários

Viva o meu atrevimento! O Cante Alentejano está de parabéns

Não poderia deixar passar ao lado, a grande honra que é ter o cante alentejano como património imaterial da humanidade. Todos os moços e moças marafadas deste Algarve sabem que um alentejano é um algarvio que nasceu um pouco mais a norte, certo?

Pois bem, estão de parabéns, e por isso também aqui deixo uma singela homenagem com um dos temas mais originais de cante alentejano que conheço, pois a gaita convidada para a parte final do tema, fica-lhe “a matar”.

Vale a pena recordar os Gaiteiros de Lisboa:

(e quem não quiser ouvir, bote os ouvidos ao vento! :p )

Categories: Alma do tempo, Boas vindas, Música, Musicos com GARRA!, Vale por mil palavras | Etiquetas: | Deixe um comentário

Músicos com GARRA: Elza Soares – ‘Mas que Nada’

vitormadeira.com - 2013-07-15 Elza Soares canta samba Mas Que Nada

Elza Soares, uma senhora que já conta com uns impressionantes 76 anos, poderia ser tomada como a “Tina Turner” do Brasil, pois pese embora as plásticas que inadvertidamente é impossível não reparar, a idade não lhe retirou a tenacidade e a forma original como se entrega à música.

Assim minha escolha musical recai hoje sobre este seu registo, uma vez que é de longe um dos temas mais apetecíveis quer no calor, quer no frio. (digam lá se não apetece ‘mexer a anca’ ao ouvir este ‘groove’?)

.

.

O tema “Mas que nada” tornou-se um clássico do samba em finais da década de 1960, embora não tenha tido grande receção nos meios tradicionais da Bossa Nova e do Samba da altura. No entanto, devido à forma inovadora como o seu autor Jorge Benjor apresentava esta nova forma de sambar, o tema tornou-se uma das canções mais conhecidas fora das fronteiras brasileiras.

Ella Fitzgerald

Curiosamente, poucos sabem que Ella Fitzgerald, em 1970 edita um cover da canção (em língua inglesa – sim, não se deu ao trabalho de aprender a cantar em portruguês, como fez o Nat King Cole) mas mesmo assim, é de apreciar:

.

.

Black Eyed Peas

Em 2006, Sergio Mendes que, ficou famoso precisamente por fazer o cover desta canção no início da sua carreira, preparou uma versão da canção com os Black Eyed Peas, e foi nisto que deu:

.

.

Os americanos gostaram e, em 2011 Sergio Mendes vai ao ‘Tonight Show’ e deixa para a posterioridade este registo mais próximo do original:

.

Notas de rodapé
  • Nascida nas favelas, no seio de uma família tremendamente pobre, Elza Soares casou pela primeira vez aos 12 (!) anos, após imposição do pai.
  • Um ano depois é mãe pela primeira vez;
  • Aos 20 anos (já com 5 filhos vivos – e outros 2 já falecidos) enviuvou…
  • Aos 22 anos dá a sua filha para adoção, de forma a tentar com que não venha a ser mais uma vítima da pobreza extrema, evitando o destino dos dois entretanto já falecidos.
  • Foi mais tarde casada com o jogador de futebol Garrincha, num dos casamentos mais polémicos do Brasil nos anos 60.
Categories: Bateria e Percussão, Boas vindas, Curiosidades, Música, Momento de Basbaque, Musicos com GARRA! | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Por favor poupem-me à TRETA do “dia das mentiras”!

vitormadeira.com - 2013-04-01 Dia das mentiras - triste dia!

Uma ‘mentira pequena’ é tão mentira como uma ‘mentira grande’.

Se há coisa que me custa, é saber que milhares de seres humanos como eu foram perseguidos, maltratados, humilhados ou até MORTOS por proferirem a VERDADE, logo, se há dia que decido NÃO RECONHECER, será um “dia das mentiras”

Obrigado.

Categories: Alma do tempo, Bizarro mas verídico!, Boas vindas, Coisas Divinas, Demasiado tempo livre a mais, Momento de Basbaque, Pensamento para a semana, Pensamentos e Filosofias, Sociedade e Política | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Dia do pai 2013 – Ou como tenho uma ‘personal trainer’ em casa e nem sabia…!

Dia do pai 2013

Pronto, aqui está o mais surpreendente relatório que recebi para me inteirar acerca da minha forma física

Então diz este relatório que o Pai é bom, e…? Querem ler o relatório, é? Continuar a ler

Categories: Boas vindas, Coisas Divinas, Curiosidades, Humor, Momento de Basbaque, Pensamentos e Filosofias, Vale por mil palavras | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 2 comentários

Vale por mil palavras – Google Streetview chega a Portimão

vitormadeira.com - 2013-03-07 Google Streetview chega a Portimão
Notícia acabadinha de sair!

Para quem não sabe, o ‘Streetview‘ (que, traduzindo para português significa literalmente “vista de rua”) é uma das funcionalidades dos mapas na internet da Google (Google Maps) e que nos permite visualizar as ruas das cidades como se estivéssemos a conduzir um veículo pelas suas ruas.

Para conseguir este feito, a Google coloca centenas de automóveis (em Portugal, com o apoio da Opel/General Motors) a fotografar cada uma das ruas das nossas cidades, numa tarefa hercúlea, possibilitando-nos, por exemplo, preparar uma viagem a um local distante sem que tenhamos que sair do conforto da nossa secretária, em frente ao computador.

Ora, há cerca de 2 anos que já tínhamos Lisboa, Porto e mais algumas cidades, mas o resto do país, embora já tivesse sido fotografado, estava ainda pendente da resolução do problema da privacidade, uma vez que diversas pessoas apresentaram queixa à Comissão Nacional de Protecção de Dados, mostrando o seu descontentamento perante as suas fotografias que passavam a estar disponíveis de forma pública na internet sem a sua autorização.

Agora, o Streetview chega a quase todo o país (incluindo o nosso Algarve e Portimão em particular) e, para que isto fosse possível, a Google teve que criar uma forma de desfocar todas as faces das pessoas fotografadas (o que, para muitos ainda não é ainda uma garantia de solucionar o problema)  mas aparentemente, terá sido suficiente para a Comissão Nacional de Protecção de Dados autorizar a publicação.

Assim, e por exemplo, para Portimão, temos agora a possibilidade de fazer uma breve viagem no tempo e voltar atrás para verificar como andavam as coisas por cá há cerca de 2 anos atrás (será fácil detectarem a idade das fotos ao passarem, por exemplo, na zona do Centro Comercial Aqua – vejam aqui).

Os mais cuscos, poderão também dedicar-se a procurar cenas insólitas como a que alguém já encontrou no distrito de Viseu, perto de Castro D’Aire, onde… (enfim, deixo para quem for mais curioso a decisão de seguir para aqui)

E vocês, já passaram pelo Google Streetview para tentar encontrar alguma situação mais caricata?

Ou já conseguiram encontrar os vossos amigos ou familiares (ou quem sabe, vós próprios) nas fotografias de rua tiradas pelos carros da Google?)

Categories: Algarve, Boas vindas, Curiosidades, Demasiado tempo livre a mais, Portimão, Tecnologia, Vale por mil palavras, Viagens e Paisagens | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Por favor poupem-me à TRETA do “pai natal”!

 

Poupem-me à TRETA do ''pai natal''!

Poupem-me à TRETA do ”pai natal”!

Uma mentira não pode ser considerada mais ou menos mentira (ou maior ou menor mentira). Ou é uma mentira, ou é uma verdade. Neste aspecto não existem tons cinza entre o preto e o branco… Podem-me dizer que existem mentiras que têm maiores ou menores repercussões, o que até posso aceitar, mas são mentiras e ponto final.

Custa-me observar uma sociedade que se diz “evoluída”, “tolerante”, “moderna”, etc. mas que, quando chega à altura do Natal embarca no engano contra as crianças que são os adultos em potencial, os dirigentes das nações, os cidadãos que virão a ter as respetivas responsabilidades para decidir o seguimento de muitas das nossas vidas no futuro.

Depois, vimos queixar-nos dizendo que os nossos líderes não servem para tomar decisões ‘capazes’… Pudera, desde tenra idade começam logo por ser (literalmente) enganados por aqueles que teoricamente deveriam ser quem mais lhes deveria amar… (os seus pais, certo?)

NENHUM pai deveria sentir prazer ao mentir a um filho!

(e se tu que estás a ler este texto és daqueles que acham que contar a treta da história do ”pai natal” que desce pelas chaminés das casas e deixa presentes na noite de Natal dentro dos sapatinhos das criancinhas que se portaram bem durante o ano, então volta a ler o que escrevi no primeiro parágrafo deste artigo.)

Nestas alturas seria melhor olhar um pouco mais para oriente e tentar procurar um pouco mais do que inegavelmente são as bases da nossa sociedade…

Tenho uma filha com quase três anos, e fiquei muito triste ao saber que o infantário onde ela frequenta iria organizar a “ida à estação de correios local para entregar as cartas com os pedidos de prendas das meninas e dos meninos ao ”pai natal“… E o mais curioso, é que a instituição diz-se de inspiração católica (sendo que pertence à casa da misericórdia local, ainda por cima…)

O que se passa connosco? Porque descemos assim tanto?

Mas existe alguma forma de aceitar o que andamos a fazer com os nossos filhos, que são as pessoas de quem mais gostamos e que, teoricamente, deveriam ser os seres que mais verdade deveriam receber da nossa parte?

Ao falar com a educadora da sala da minha filhota, ainda fiquei mais perplexo, pois vejo que infelizmente, a história do ”pai natal” é transmitida como um dado adquirido de que há um “senhor velhinho muito gordinho que distribui presentes às criancinhas carenciadas” (provavelmente uma adaptação do venerado são Nocolau venerado em tempos idos pelos católicos) – mas parece que alguém se esquece de explicar onde encaixa a treta das renas voadoras…?

E para me tentarem fazer ver que é bom criar ilusões descabidas no imaginário das crianças, fazendo-lhes crer que essas mentiras são verdades, ainda tentam vir com histórias de que alguns dos modernos estudiosos da psicologia defendem este tipo de mentira para criar um imaginário saudável às crianças…. A esses supostos psicólogos, eu gostaria de os mandar ir a um certo sítio…

Então mas eu por acaso iria alguma vez aceitar que a minha filha embarcasse nessa tremenda mentira que é utilizar o edifício e as pessoas da estação de correios local (portanto uma coisa VERDADEIRA) para incutir uma MENTIRA no seu imaginário só porque os educadores da actualidade são incapazes de pensar um pouco pelas suas cabeças e usar a palavra “LENDA” para colocar a história do ”pai natal’ no lugar onde definitivamente deveria estar?

E sabem do mais curioso? Na época do Natal, bem ou mal, celebra-se o nascimento de Cristo (a meu ver, na data e com o propósito errados – mas infelizmente, é o que conseguimos obter desta sociedade) mas se eu tentar chegar perto das pessoas responsáveis nos infantários e lhes pedir para explicarem a história do nascimento de Cristo, ou para que passem um filme alusivo ao tema, então, aí, as conversas começam a ser mais breves, o assunto torna-se mais ‘pesado’, os semblantes fecham-se e a história começa a ser outra…

Pois, a conclusão a que chego é que os adultos que (infelizmente) se vêm obrigados a embarcar nestas tristes histórias, eles próprios são na verdade os que necessitam de um pouco de imaginário nas suas vidas, de forma a tentarem compensar as suas rotinas mais ou menos insatisfatórias…

Combater a verdade com a mentira nunca pode dar bom resultado. Esta pode ser uma batalha mais ou menos solitária, mas para mim, prefiro munir-me da verdade para com os que amo (ou melhor, para TODOS independentemente de gostar ou não deles) do que andar atrás de “filmes”…

.

No dia em que todo o mundo anda às aranhas com outra treta, convencidos de que o calendário que o imperador Júlio César mandou criar em 48 a.C., que foi depois alterado pelo papa Gregório em 1582, poderia prever o fim do mundo, eu digo: Tudo tem um limite e para a mentira o limite tem que ter rédea ainda mais curta!

.

Obrigado.

Categories: Alma do tempo, Bizarro mas verídico!, Boas vindas, Coisas Divinas, Curiosidades, Demasiado tempo livre a mais, História e Acontecimentos, Momento de Basbaque, Pensamento para a semana, Pensamentos e Filosofias, Publicidade traiçoeira, Sociedade e Política | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Hoje FINALMENTE eliminei a minha conta no Hi5

A sério, já não dá para suportar coisas inúteis hoje em dia…

Já não usava a conta há mais de 2 ou 3 anos (sim, é verdade!) mas as mensagens de email que, volta e meia iam chegando a convidar para jogar o jogo X ou o jogo Y já me estavam a dar água pela barba. :/

E vocês? Espero que se sintam motivados a fazer o mesmo ao lerem isto! 😉

Categories: Apreciações, Bizarro mas verídico!, Boas vindas, Demasiado tempo livre a mais, Entre o teclado e a cadeira, Humor, Momento de Basbaque, Sociedade e Política, Tecnologia | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Por favor poupem-me à TRETA do halloween!

Por favor poupem-me à TRETA do halloween!

Obrigado.

Categories: Alma do tempo, Bizarro mas verídico!, Boas vindas, Coisas Divinas, Demasiado tempo livre a mais, Momento de Basbaque, Pensamento para a semana, Pensamentos e Filosofias, Sociedade e Política | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 3 comentários

Bizarro mas verídico: Deputado comunista português cita a Bíblia para confrontar governo

Há coisas que não se vêm (ou se ouvem) todos os dias… (puxem para os 1m50s para abreviar)

.

.
O deputado comunista (Partido Comunista Português) Bernardino Soares cita o Levítico, um dos livros do Antigo Testamento da Bíblia para confrontar o ministro dos negócios estrangeiros Paulo Portas (pertencente ao Partido do Centro Democrático Social de cariz “democrata Cristão”) para demonstrar que a actual situação vivida em Portugal (empréstimo de auxílio ao pagamento da dívida externa do país condicionado ao pagamento de juros elevadíssimos sobre o mesmo – considerado por isso usura sobre o povo) que é possível renegociar com os credores uma situação mais sustentável.

Haja FÉ! Com sinais destes, quem duvida que muito mais ainda está para vir? 😉

Categories: Alma do tempo, Bizarro mas verídico!, Boas vindas, Coisas Divinas, Curiosidades, História e Acontecimentos, Pensamentos e Filosofias, Sociedade e Política | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Músicos com GARRA: Muse – Take a bow

Não há muito tempo que tenho andado a descobrir com um pouco mais de detalhe a obra musical dos Muse e sinceramente pergunto-me porque é que só agora tomo conhecimento de certos detalhes?

Take a bow é o tema de abertura do álbum “Black Holes and Revelations” (2006) e creio que muitos de nós temos andado completamente ao lado da mensagem tão explícita que nos é proposta neste tema.

Em 2008 os Muse estiveram em Portugal, actuando no festival Rock in Rio (parque da Bela Vista em Lisboa) e terminaram o concerto com este tema. Eis o video:

Com uma mensagem tão clara (e ao mesmo tempo tão explícita) na letra da canção, resolvi traduzir para o português:

.

=== Muse – Take a bow (portugês) =========
Corrupto,
Seu corrupto,
Trazes corrupção a tudo o que tocas

Sustém-te,
Eis-te a ti,
E eis-te perante todos por tudo o que fizeste

E magia,
Lanças feitiços,
Lanças feitiços sobre o país que diriges

E arriscar,
Vais arriscar,
Vais arriscar todas as suas vidas e as suas almas

E arde,
Vais arder,
Vais arder no inferno, sim, vais arder no inferno,
Sim, vais arder no inferno (x 2)
Pelos teus pecados

E a nossa liberdade a consumir-se em si própria,
O que nos tornámos,
É contrário aquilo que queríamos

Prosterna-te!

Morte,
Trazes morte e destruição a tudo o que tocas

Paga,
Tens que pagar,
Tens que pagar pelos teus crimes contra a terra!

Sim, as bruxas!
Alimentas as bruxas,
Alimentas as bruxas do país que amas!

Agora implora!
Vais implorar!
Vais implorar pelas suas vidas e pelas suas almas!

Agora arde!
Vais arder!
Vais arder no inferno, sim, vais arder no inferno
Sim tu vais arder no inferno (x4)
Pelos teus pecados
=================================

.

Para mim, são uns músicos com GARRA e trazem uma mensagem sobre a qual impera meditar…

Categories: Alma do tempo, Boas vindas, Coisas Divinas, Curiosidades, Música, Momento de Basbaque, Musicos com GARRA!, Pensamentos e Filosofias, Sociedade e Política | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: