Música

Músicos com garra: A Quadrilha – Não dêem cabo do mundo

Pese embora os problemas financeiros do país e muito especialmente aqui do município de Portimão, O Festival da Sardinha de 2011 está aí em pleno gás.

Musicalmente falando, e para meu próprio deleite, teremos hoje a visita da banda liderada pelo Sebastião Antunes “A Quadrilha“. É uma excelente oportunidade para reviver alguns dos seus êxitos de sempre com destaque eterno para os temas “Ai Caramba” e para este “Não dêem cabo do mundo”.

Em tempo de crise, há que aproveitar! 5 euros com direito a cheirinho de sardinha assada! 😉

.

ATUALIZAÇÃO:

Encontrei uma versão dos aveirenses Banda Polk num concerto de tributo aos Quadrilha precisamente com este mesmo tema que é de se lhe tirar o chapéu! Oram apreciem:

.

Anúncios
Categories: Algarve, Boas vindas, Curiosidades, Música, Musicos com GARRA!, Portimão | Etiquetas: , , , , , , , , | Deixe um comentário

Rádio m80 – O enjôo de ouvir as músicas dos anos 70, 80 e 90 a repetir vezes sem conta!

Desde que apareceu aqui no Algarve, a estação de rádio M80 passou a ser uma das minhas estações de rádio favoritas.

Os anos 80 (e parte dos anos 70 e 90) foram prolíficos em malhas intemporais, que, ainda hoje, se ouvem muito bem e, para espanto (ou talvez não!) agradam também às novas gerações nascidas depois destes áureos tempos…

No entanto, fico em dúvida se a rádio M80 faz um bom ou um mau serviço em honra da música dos anos 70, 80 e 90 (como eles tão insistentemente referem no seu mote de identidade)

É que a repetição das canções em playlist é tão intensa e previsível (prestem atenção às músicas que tocam a seguir à publicidade depois das notícias) que rapidamente começamos a desejar NÃO querer ouvir AQUELA música de novo a seguir a um momento bem definido no tempo (os blocos noticiosos são facilmente espectáveis, uma vez que surgem em regra após o sinal horário).

Se por um lado é uma maravilha ouvirmos as músicas que nos trazem todas as boas memórias dos BONS anos 70, 80 ou 90, por outro lado, a saturação que a repetição nos impregna acaba por enjoar! Para quem trabalha e tem a possibilidade de poder ouvir rádio todo o dia, acaba por enjoar tremendamente!

(urge repensar as playlists e o excesso de repetição das músicas!)

Após um desabafo sobre este tema com pessoal amigo, rapidamente se conclui que o problema das playlists não é novo, mas que, com a ajuda da internet, existem agora formas bem curiosas de dar a volta ao enjoo…
E uma dessas formas é “sintonizar” rádios online, como é o exemplo da Cotonete* (vale a pena!)

* Cotonete – para quem não sabe, é uma rádio virtual. Além de ter rádios temáticas, ainda podemos criar a nossa própria rádio usando as milhares de músicas que eles têm na base de dados.

Categories: Algarve, Bizarro mas verídico!, Música, Pensamentos e Filosofias, Sociedade e Política | Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , , , , | 7 comentários

13 de Julho – HOJE é o dia internacional do Rock!

É uma boa data para justificar umas batucadas, certo?

A minha escolha para ajudar a comemorar é:

Um pouco sobre o dia mundial do Rock:

Em 13 de julho de 1985, decorreu o Live Aid, um espectáculo musical de cariz humanitário, que ocorreu em simultâneo em Londres (Reino Unido) e em Filadélfia (Estados Unidos) com o pretexto de tentar alertar para a problemática da fome na Etiópia.

Contou com a presença de artistas como The WhoStatus QuoLed ZeppelinDire StraitsMadonnaQueenJoan BaezDavid BowieBB KingMick JaggerSting,ScorpionsU2Paul McCartneyPhil Collins (que tocou em ambos os palcos), Eric Clapton e Black Sabbath.

Com transmissão em directo pela BBC para diversos países, avivou o debate internacional o crescente problema da miséria no continente africano.

20 anos depois, em 2005, o mesmo Bob Geldof organizou o Live 8, uma nova edição com uma maior estrutura e concertos em mais cidades espalhadas pelo mundo, cujo objetivo principal, era o de pressionar os líderes do G8 para o perdão da dívida externa dos países mais pobres e assim tentar ajudar a erradicar a miséria do mundo.

Desde então o dia 13 de julho passou a ser conhecido como Dia Mundial do Rock.

Lista de artistas que participaram no Live Aid em 1985

Estádio de Wembley (Londres – Reino Unido)

• Coldstream Guards — “Royal Salute,” “God Save the Queen” (entrada em palco: 12h00);

• Status Quo —”Rockin’ All Over the World,” “Caroline”, “Don’t Waste My Time” (12h02);

• The Style Council — “You’re The Best Thing,” “Big Boss Groove,” “Internationalists,” “Walls Come Tumbling Down” (W 12h19);

• The Boomtown Rats —”I Don’t Like Mondays,” “Drag Me Down,” “Rat Trap,” “For He’s A Jolly Good Fellow” (cantada pelo público) (W 12h44);

• Adam Ant —”Vive Le Rock” (W 13h00);

• Ultravox — “Reap the Wild Wind,” “Dancing with Tears in My Eyes,” “One Small Day,” “Vienna” (W 13h16);

• Spandau Ballet — “Only When You Leave,” “Virgin,” “True” (W 13h47);

• Elvis Costello — “All You Need Is Love” (W 14h07);

• Nik Kershaw — “Wide Boy,” “Don Quixote,” “The Riddle,” “Wouldn’t It Be Good” (W 14h22);

• Sadé — “Why Can’t We Live Together,” “Your Love Is King,” “Is It A Crime” (W 14h55);

• Sting e Phil Collins (com Branford Marsalis) — “Roxanne,” “Driven To Tears,” “Against All Odds (Take a Look at Me Now),” “Message in a Bottle,” “In the Air Tonight,” “Long Long Way To Go,” “Every Breath You Take” (W 15h18);

• Howard Jones — “Hide and Seek” (W 15h50)

• Bryan Ferry (acompanhado por David Gilmour dos  Pink Floyd na guitarra) — “Sensation,” “Boys And Girls”, “Slave To Love”, “Jealous Guy” (W 16h07);

• Paul Young — “Do They Know It’s Christmas?” (intro), “Come Back And Stay,” “That’s the Way Love Is” (with Alison Moyet), “Every Time You Go Away” (W 16h38);

• U2 — “Sunday Bloody Sunday,” “Bad” (com passagens de “Satellite Of Love,” “Ruby Tuesday,” “Sympathy for the Devil” e “Walk On The Wild Side”) (W 17h20);

• Dire Straits — “Money for Nothing” (com o Sting), “Sultans of Swing” (W 18h00);

• Queen (após breve actuação ds cómicos Mel Smith e Griff Rhys Jones) — “Bohemian Rhapsody,” “Radio Ga Ga,” “Hammer to Fall,” “Crazy Little Thing Called Love,” “We Will Rock You”/”We Are the Champions” (W 18h44);

• David Bowie (com Thomas Dolby no teclado) — “TVC15,” “Rebel Rebel,” “Modern Love,” “Heroes” (W 19h22);

• The Who — “My Generation,” “Pinball Wizard,” “Love, Reign o’er Me,” “Won’t Get Fooled Again” (W 19h59);

• Elton John (após introdução de Billy Connolly) — “I’m Still Standing,” “Bennie and the Jets,” “Rocket Man,” “Don’t Go Breaking My Heart” (with Kiki Dee), “Don’t Let the Sun Go Down on Me” (com George Michael e vozes de Andrew Ridgeley), “Can I Get a Witness” (W 20h50);

• Encerramento no Estádio de Wembley:

a) Freddie Mercury e Brian May (Queen) — “Is This The World We Created?” (W 21h48),

b) Paul McCartney — “Let It Be” (W 21h51),

c) Band Aid (conduzida por Bob Geldof) — “Do They Know It’s Christmas?” (W 21h54);

 

Estádio JFK (Filadélfia – Estados Unidos da América)

• Bernard Watson — “All I Really Want to Do”, “Interview” (13h51);

• Joan Baez (após introdução de Jack Nicholson) — “Amazing Grace,” “We Are the World” (JFK 14h02);

• The Hooters — “And We Danced,” “All You Zombies” (JFK 14h12);

• The Four Tops — “Shake Me, Wake Me (When It’s Over),” “Bernadette,” “It’s The Same Old Song,” “Reach Out I’ll Be There,” “I Can’t Help Myself (Sugar Pie, Honey Bunch)” (JFK 14h33);

• Billy Ocean — “Caribbean Queen,” “Loverboy” (JFK 14h45);

• Black Sabbath (após introdução de Chevy Chase) — “Children of the Grave,” “Iron Man,” “Paranoid” (JFK 14h52);

• Run-D.M.C. — “Jam Master Jay,”, “King Of Rock” (JFK 15h12);

• Rick Springfield — “Love Somebody,”, “State Of The Heart”, “Human Touch” (JFK 15h30);

• REO Speedwagon — “Can’t Fight This Feeling”, “Roll With The Changes” (with the Beach Boys on backing vocals) (JFK 15h47);

• Crosby, Stills and Nash — “Southern Cross,” “Teach Your Children,” “Suite: Judy Blue Eyes” (JFK 16h15);

• Judas Priest — “Living After Midnight,” “The Green Manalishi (With The Two-Pronged Crown),” “You’ve Got Another Thing Comin’” (JFK 16h26);

• Bryan Adams (após introdução de Jack Nicholson) — “Kids Wanna Rock,” “Summer of ’69,” “Tears Are Not Enough,” “Cuts Like a Knife” (JFK 17h02);

• The Beach Boys (após introdução de Marilyn McCoo) — “California Girls,” “Help Me, Rhonda”, “Wouldn’t It Be Nice,” “Good Vibrations,” “Surfin’ USA” (JFK 17h40);

• George Thorogood and the Destroyers — “Who Do You Love” (with Bo Diddley), “The Sky Is Crying,” “Madison Blues” (with Albert Collins) (JFK 18h26);

• Simple Minds — “Ghost Dancing,” “Don’t You (Forget About Me),” “Promised You a Miracle” (JFK 19h07);

• The Pretenders — “Time The Avenger,” “Message of Love,” “Stop Your Sobbing,” “Back on the Chain Gang,” “Middle of the Road” (JFK 19h41);

• Santana — “Brotherhood,” “Primera Invasion”, “Open Invitation,” “By The Pool”/”Right Now” (com Pat Metheny) (JFK 20h21);

• Ashford & Simpson— “Solid,” “Reach Out and Touch (Somebody’s Hand)” (com Teddy Pendergrass) (JFK 20h57);

• Kool & The Gang (video gravado previamente ao vivo) — “Stand up and Sing,” “Cherish” (JFK 21h19)

* Madonna (após introdução de Bette Midler) — “Holiday,” “Into the Groove,” “Love Makes The World Go Round” (JFK 21h27);

* Tom Petty and the Heartbreakers (após introdução de Don Johnson) — “American Girl,” “The Waiting,” “Rebels,” “Refugee” (JFK 22h14);

• Kenny Loggins — “Footloose” (JFK 22h30);

• The Cars — “You Might Think,” “Drive,” “Just What I Needed,” “Heartbeat City” (JFK 22h49);

• Neil Young — “Sugar Mountain,” “The Needle and the Damage Done,” “Helpless,” “Nothing Is Perfect,” “Powderfinger” (JFK 23h07);

• Power Station — “Murderess,” “Get It On” (JFK 23h43);

• Thompson Twins — “Hold Me Now,” “Revolution” (com Madonna, Steve Stevens e Nile Rodgers) (JFK 00h21);

• Eric Clapton — “White Room”, “She’s Waiting”, “Layla” (JFK 00h39);

• Phil Collins (acabado de chegar aos EUA num voo em avião Concorde do Reino Unido) – “Against All Odds (Take a Look at Me Now),” “In the Air Tonight” (JFK 01h04);

• Robert Plant, Jimmy Page e John Paul Jones — “Rock and Roll,” “Whole Lotta Love,” “Stairway to Heaven” (JFK 01h10);

• Crosby, Stills, Nash & Young – “Only Love Can Break Your Heart,” “Daylight Again”/”Find the Cost of Freedom” (JFK 01h40);

• Duran Duran – “A View to a Kill,” “Union of the Snake,” “Save a Prayer,” “The Reflex” (JFK 01h45);

• Patti LaBelle – “New Attitude,” “Imagine,” “Forever Young,” “Stir It Up,” “Over The Rainbow,” “Why Can’t I Get It Over” (JFK 02h20);

• Hall & Oates (com G. E. Smith, director musical de “Saturday Night Live” e anterior guitarrista solo de Hall & Oates) — “Out of Touch,” “Maneater,” “Get Ready” (com Eddie Kendricks), “Ain’t Too Proud to Beg” (com David Ruffin), “The Way You Do the Things You Do” (com Eddie Kendricks e David Ruffin), “My Girl” (com Eddie Kendricks e David Ruffin) (JFK 02h50);

• Mick Jagger — “Lonely At The Top,” “Just Another Night.” “Miss You,” “State of Shock”/”It’s Only Rock ‘n Roll (But I Like It)” (com Tina Turner) (JFK 03h15);

• ) Bob Dylan, Keith Richards e Ronnie Wood — “Ballad of Hollis Brown,” “When the Ship Comes In,” Blowin’ in the Wind” (JFK 03h39),

Encerramento: USA for Africa — “We Are the World” (JFK 3h55)

(fonte)

Categories: Curiosidades, História e Acontecimentos, Música | Deixe um comentário

Uma música de… Fredde Greddle: Killer Queen

Fredrik Larsson tem actualmente 25 anos, é natural e residente na Suécia, e é já um autêntico fenómeo de popularidade no Youtube, principalmente pelos seus videos em que toca diferentes instrumentos musicais um pouco por toda a casa…

O meu destaque vai para a sua capacidade de tocar vários instrumentos musicais (exepto  a bateria!) no mesmo vídeo, tal como pode ser visto no seguinte:

Fora de série! isto é talento!

A página oficial do Fredde: www.freddegredde.com

Categories: Demasiado tempo livre a mais, Música, Musicos com GARRA! | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Uma música de… Bonnie Tyler – Total eclipse of the heart

Uma das minhas cantoras preferidas nos idos anos 80s…

Um registo de voz inesquecível, uma melodia que dificilmente se esquece, um refrão emocionalmente acolhedor, enfim… Em minha opinião, é uma fórmula musical muito perto da perfeição. (embora pessoalmente não concorde com a temática teatral do videoclipe)

Para debate:

  • Quem acha a Bonnie Tyler parecida com a “nossa” Ágata?
  • Quem sabe que a Bonnie Tyler tem uma propriedade perto de Albufeira (aqui no Algarve)?
  • Quem alguma vez imaginaria que para vir do Reino Unido para o Algarve, ela se aventura a conduzir o seu Ferrari vermelho por todo o percurso…?
Categories: Curiosidades, Música, Musicos com GARRA! | Etiquetas: | Deixe um comentário

Bem-vindos à SELVA…!

O primeiro artigo a sério no meu blog tinha que ser relacionado com música! E tinha que apresentar músicos com GARRA!

Pois bem, sejam bem-vindos à SELVA:

Uma estonteante performance de Luka Sulic e Stjepan Hauser.

 

Visitem a sua página web: www.2cellos.com

Categories: Boas vindas, Música, Musicos com GARRA! | Etiquetas: | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: